A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Organização cria boletim meteorológico para 2050

Organização Meteorológica Mundial (OMM) convidou apresentadores da previsão do tempo de todo o mundo a imaginarem um boletim de 2050

São Paulo - No dia 8 de junho de 2050, choverá forte no Sul do Brasil e no oeste da Amazônia. Já no nordeste do país e no leste da Amazônia, o cenário será completamente diferente, predominantemente seco. Apesar da proximidade do inverno, o dia será de calor acima de 30 graus no país.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), essa será a previsão do tempo nos programas de TV caso a emissão de gases do efeito estufa continuem a mudar o clima do Brasil. Eventos extremos com chuvas intensas poderão se tornar mais comuns nas próximas décadas.

A temperatura média do Brasil entrou em elevação no último século em cerca de 1ºC. Se as emissões de gases de efeito estufa continuarem aumentado, a temperatura média da atmosfera da Terra pode subir mais de 4ºC até o final do século 21.

Para explicar como isto afetará o dia a dia da sociedade, a Organização Meteorológica Mundial (OMM) convidou apresentadores da previsão do tempo de programas de TV de todo o mundo a imaginarem um boletim meteorológico de 2050.

No vídeo brasileiro, Claudia Celli apresenta a previsão do tempo que poderá se tornar mais comum nas próximas décadas e afirma que atualmente já testemunhamos efeitos das mudanças climáticas com as chuvas intensas.

No estado do Paraná, por exemplo, 150 cidades entraram em estado de emergência, três decretaram estado de calamidade pública com o triplo de chuva da média histórica do mês.

A ONU afirmou em nota que os vídeos mostram cenários possíveis, e as previsões não são verdadeiras. Mas tudo o que eles dizem está baseado nos relatórios mais recentes da ciência do clima, mostrando um retrato convincente de como a vida poderia ser em um planeta mais quente, disse.

O objetivo dos vídeos é apoiar a Cúpula do Clima, uma iniciativa do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que acontece em 23 de setembro na sede da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos. Nós podemos reduzir os riscos cortando a emissão de gases de efeito estufa e construindo economias de baixo carbono. Vamos trabalhar juntos para tornar nossas sociedades mais segura e resiliente. Por favor, junte-se a mim nas ações contra as mudanças climáticas, disse Ban Ki-moon no vídeo.

//www.youtube.com/embed/0QoZ8hh8-Qg

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também