Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Churrasco: prove carne com crosta de café e azeite saborizado com o grão

Festejado mundialmente em abril, café agrega sabor, aroma e casquinha em preparos no fogão e na brasa

Tradicionalmente conhecida como uma das bebidas mais idolatradas pelos brasileiros, o café tem se tornado ingrediente de valor em receitas de chefs. 

O Brasil é o maior exportador do grão no mercado mundial e Minas Gerais lidera como o estado com maior produção de café: são 26,6 milhões de sacas, o que corresponde a mais de 50% da produção nacional e 17% da produção mundial. 

Composto por sete características principais classificadas em fragrância, aroma, acidez, amargor, sabor, corpo e resíduo, o café agrega sofisticação a carnes em molhos ou crosta incomparáveis. “No ato de cozinhar, o ingrediente se torna um potencializador de sabores e aromas, mas é fundamental fazer o controle da acidez”, alerta Ivan Caldeira, CEO da Café Gema de Minas. 

De acordo com o especialista, a adstringência natural da bebida harmoniza muito bem com o sabor acentuado de carnes de cordeiro e pato. “Com a carne bovina, há um sensacional efeito adicional similar ao defumado e uma crocância especial por fora. No entanto, não é indicado harmonizar com peixes”, conclui Ivan.

Vinagrete de azeite de café

Para o chef Helder Justo, da steakhouse Varal 87, em São Paulo, a melhor combinação é o churrasco de ancho bovino com vinagrete de azeite de café. “Faço uma infusão quente de café no azeite e vou reduzindo em fogo baixo. Depois, passo no coador e uso no vinagrete”, orienta Helder.

Adriana Tavares, sous-chef do restaurante O Conde, em Belo Horizonte, capital mineira, também está acostumada a inovar nas receitas com carne e café. “É uma explosão de sensações”, destaca ela, que criou o prato de Filé em crosta de café com fetuccine ao molho de damasco e nozes.

Quer experimentar? Então, acompanhe a receita da chef.

 


Filé em crosta de café com fetuccine ao molho de damasco e nozes

Ingredientes:
- 800 g file mignon em tornedor;
- sal a gosto;
- 1 colher de sopa de café;
- 1 colher farinha trigo;- creme de leite fresco;
- 50g de grão de café torrado e semi moído;
- 100 ml de molho shoyu

Modo de fazer:
Faça uma mistura com o café, a farinha e molho shoyu e leve ao fogo para engrossar e reserve. Tempere, envolva a carne com a mistura e sele numa frigideira quente. Leve ao forno por cerca de nove minutos a 210ºC. Cozinhe a massa de fetuccine até ficar ao dente e reserve. Triture o damasco e as nozes. Adicione o creme de leite, o sal e a pimenta, o damasco e as nozes no fetuccine. Sirva carne e massa no mesmo prato.

 

Quem é você quando larga a caneta, sai do zoom, fecha o notebook? Assine a newsletter e receba a melhor curadoria para os seus momentos casuais!

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também