Casual

Britney Spears critica documentário sobre sua vida: "Hipócrita"

O longa feito pelo The New York Times, em parceria com o canal FX, mostra a carreira da artista desde o início e todos os problemas que ela enfrentou a partir de 2007

Cantora Britney Spears.  (Eduardo Munoz/Reuters)

Cantora Britney Spears. (Eduardo Munoz/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 4 de maio de 2021 às 15h18.

Britney Spears falou pela primeira vez, nas redes sociais, sobre o documentário Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela, na segunda-feira, 3. A cantora chamou a produção de "hipócrita" em um vídeo, no seu Instagram.

O longa feito pelo The New York Times, em parceria com o canal FX, mostra a carreira da artista desde o início e todos os problemas que ela enfrentou a partir de 2007. Na época, ele teve um colapso nervoso e perdeu o controle sobre todas as suas decisões pessoais e profissionais, que passaram a ser feitas por seu pai, James Spears, e um advogado.

"2021 é definitivamente muito melhor do que 2020, mas eu nunca soube que seria assim. Esse documentário sobre mim este ano com outras pessoas sobre minha vida, o que posso dizer... Estou profundamente lisonjeada! Mas, esses documentários são tão hipócritas: eles criticam a mídia e depois fazem a mesma coisa", disse a cantora, na legenda da publicação.

O filme também mostra o movimento Free Britney, criado por fãs da cantora que reinvindicam a autonomia e independência dela. Na publicação, Spears agradece o carinho do seu público.

"Eu não conheço vocês, mas estou emocionada em lembrá-los de tudo isso, embora eu tenha passado alguns momentos muito difíceis na minha vida, tive muito mais momentos incríveis", contou a cantora. "Infelizmente, meus amigos, acho que o mundo está mais interessado no negativo. Quer dizer, isso não deveria ser um negócio e uma sociedade sobre o futuro? Por que destacar os momentos mais negativos e traumatizantes da minha vida desde sempre?", acrescentou Britney.

No final do texto, ela compartilhou seus desejos para 2021, viajar e montar um lago de carpas em sua casa, na Califórnia, e revelou que não fala mais com seu ex-maquiador Billy Brasfield, com quem trabalhou em 2013.

A cantora mencionou ele no post, pois, em março deste ano, Billy declarou que havia falado com Spears e ela supostamente confessou que outra pessoa escreve os textos de suas redes sociais. "Eu realmente não falo com Billy B, então estou honestamente muito confusa", finalizou a artista.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importante em tempo real.

Acompanhe tudo sobre:Britney SpearsEstados Unidos (EUA)New York TimesSéries

Mais de Casual

Bar da Dona Onça terá menu degustação pela primeira vez

São Petersburgo se volta para turistas do Oriente

Após ter sido comprada por R$ 11,4 bi, Supreme é vendida para EssilorLuxottica por R$ 8,15 bi

Novo bar em SP de bartender influente e chef premiada é portal para a alta coquetelaria e boa comida

Mais na Exame