Bolt projeta quebrar recorde dos 200 metros em 2014

Segundo o atleta, o novo recorde depende de uma "temporada sem lesões"

Tóquio - Num ano sem grandes competições, como Olimpíada ou Mundial de Atletismo, Usain Bolt já traçou seu principal objetivo para 2014. Ele planeja bater o recorde mundial dos 200 metros, marca que detém desde 2009, quando fez 19s19 em Berlim.

"Tomara que dê tudo certo com os treinamentos e eu possa quebrar o recorde mundial. Tudo depende de uma temporada sem lesões", afirmou o velocista jamaicano, durante o evento de um patrocinador nesta sexta-feira, em Tóquio, no Japão.

Bolt é o atual bicampeão olímpico e tricampeão mundial dos 200 metros, prova que vem dominando desde 2008. Nesta temporada, quando enfrentou alguns pequenos problemas com lesão, ele fez 19s66 como melhor marca, ao vencer o Mundial de Moscou.

Além dos 200 metros, Bolt é o recordista mundial dos 100 metros, prova em que é bicampeão olímpico e mundial. Nessa distância, porém, ele não acredita que seja possível superar a sua incrível marca de 9s58 conseguida também em 2009.

Depois de brilhar nas duas últimas edições da Olimpíada, em Pequim/2008 e Londres/2012 - ganhou três medalhas de ouro em cada, incluindo o revezamento 4x100 metros com a Jamaica -, Bolt tem planos de competir nos Jogos do Rio em 2016.

Mas, já com 27 anos, o astro jamaicano descartou nesta sexta-feira a possibilidade de competir também na Olimpíada seguinte, em 2020, que acontecerá no Japão. Ele avisou que pretende ir aos Jogos de Tóquio apenas como espectador.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também