Vem aí a polêmica do "passaporte imunológico"

Coluna de Alon Feuerwerker comenta o experimento israelense de permitir aos vacinados acesso privilegiado a estabelecimentos e serviços e analisa suas implicações éticas

Israel é uma espécie de laboratório global dos efeitos da vacinação em massa, pela acelerada velocidade com que vem aplicando o imunizante na população nacional. E um experimento ali certamente despertará polêmica: a instituição de "passaporte imunológico" para os vacinados (leia).

Que naturalmente desfrutarão de privilégios sobre os não-vacinados. Acesso a diversos serviços e direito de circular por certas áreas e frequentar certos estabelecimentos, como bares e restaurantes. E a coisa pretende ser toda controlada por meios digitais, por um app a ser baixado no smartphone.

Claro que é país pequeno, com população inferior à da cidade de São Paulo. Mas é provável replicarem o método por aí. E vão surgir as inevitáveis dúvidas éticas. Uma delas decorrente da notória desigualdade nos ritmos de vacinação entre o mundo desenvolvido e o resto.

E não só. A ordem da vacinação dentro de cada país não é definida aleatoriamente. E, portanto, será inevitável criar grupos privilegiados no direito de ir e vir, e de frequentar locais de diversão e lazer. Como cada sociedade vai lidar com isso?

*Analista político da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.