Novo senador do RJ e deputado de MT disparam nas redes

FSBinfluênciaCongresso lista semanalmente congressistas que mais se destacam nas redes sociais

Um novo nome passou a figurar no topo do ranking FSBinfluênciaCongresso, que analisa semanalmente a performance dos senadores nas redes sociais. O representante do Rio de Janeiro Carlos Portinho (PSD) chegou ao Top 15 entre 17 e 23 de novembro. Com presença virtual diária e posts que tratam de temas variados, ele subiu 29 posições, alcançando o 14º lugar.

Entre seus posts mais curtidos estão um vídeo em que o PSD anuncia apoio ao candidato a prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), líder nas pesquisas de intenção de voto, e foto em referência ao Dia da Consciência Negra. O senador também se destaca em postagens relacionadas a futebol e atividades do mandato, como a votação de projeto que isenta de taxas dispositivos conectados por internet das coisas (IoT). Advogado, Portinho assumiu o cargo em novembro com a vaga aberta por Arolde de Olveira (PSD-RJ), que faleceu em decorrência da covid-19.

Além dele, teve expressiva ascensão no ranking a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), que chegou ao 12º lugar após subir 13 posições em uma semana. Focada na pauta de acessibilidade, seus posts alcançam milhares de curtidas e comentários ao homenagear portadores de deficiência.

Continuam a liderar o ranking os senadores Humberto Costa (PT-PE), em primeiro lugar; Álvaro Dias (PODE-PR) em segundo; seguido por Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na terceira posição. Entre os partidos, não há preponderância: Podemos, Rede e PSDB possuem dois senadores cada um no Top 15. Desses, três parlamentares representam o Rio de Janeiro; três, São Paulo; e dois, o Amapá.

Confira aqui o ranking da semana no Senado Federal.

Câmara dos Deputados

Com posts polêmicos contra a esquerda, críticas à eleição suplementar no Mato Grosso e com questionamos sobre a segurança do sistema de contagem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o deputado José Medeiros (Pode-MT) subiu 19 posições no ranking FSBinfluênciaCongresso. Candidato derrotado a ocupar a vaga no Senado após a cassação de Selma Arruda, ele chegou ao 17° lugar do levantamento.

Em caminho oposto seguiu o deputado Pastor Marco Feliciano (Pode-SP), que perdeu dez posições, mas manteve-se entre os Top 20, em 19° lugar. Com diversas postagens durante o dia em mensagens religiosas e de apoio ao governo Jair Bolsonaro, o parlamentar ainda garante espaço entre os mais influentes da Câmara dos Deputados.

No grupo dos que mais perderam espaço também estão Luiz Philippe O. de Bragança (PSL-SP), que recuou cinco posições; Paulo Martins (PSC-PR), ao perder quatro colocações; e André Janones (Avante-MG), que ficou em 13° lugar após retroceder três lugares. Por sua vez, Daniel Silveira (PSL-RJ) avançou sete posições e chegou ao oitavo lugar.

No alto do ranking permanecem os parlamentares bolsonaristas Carla Zambelli (PSL-SP), que se mantém em primeiro lugar; Bia Kicis (PSL-DF), na segunda posição, e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), na terceira colocação.

Confira aqui o ranking da Câmara dos Deputados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.