Institutos Alicerce e Cyrela recuperam defasagem escolar de 700 estudantes

Projeto das organizações busca promover educação transformadora na vida de jovens moradores de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre
Estudantes beneficiados aprendem noções de ciências, esporte, bem-estar, empreendedorismo, tecnologia e cidadania (Newton Menezes/FuturaPress)
Estudantes beneficiados aprendem noções de ciências, esporte, bem-estar, empreendedorismo, tecnologia e cidadania (Newton Menezes/FuturaPress)
B
BússolaPublicado em 13/11/2021 às 12:37.

O Instituto Alicerce, em parceria com o Instituto Cyrela, deu início ao projeto que irá oferecer complemento escolar em sete territórios vulneráveis nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. O intuito do projeto é recuperar a defasagem escolar de 700 crianças e adolescentes do ensino básico. Com carga horária de cinco aulas presenciais e três virtuais por semana, no formato presencial e online, os jovens terão acesso gratuito a aulas de matemática, escrita, leitura, inglês e habilidades técnicas e socioemocionais.

O Alicerce se preocupa não apenas em recuperar as lacunas de aprendizado nas disciplinas do ensino básico. Os estudantes beneficiados, todos da rede pública, aprendem noções de ciências, esporte, bem-estar, empreendedorismo, tecnologia e cidadania. Outro diferencial da metodologia é o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, preparando os alunos para uma mentalidade de crescimento e resiliência.

“Acreditamos que, através do acesso a uma educação de qualidade e a transformação social decorrente desse nosso trabalho, promovemos impactos positivos e grandes mudanças na sociedade. O Alicerce trabalha com sistemas de aulas personalizadas, com metodologia de ensino que coloca o aluno no centro do processo de aprendizagem e que, com certeza, irá transformar a vida de muitas famílias”, afirma Andrea Matsui, CEO do Instituto Alicerce.

“O Instituto Cyrela atua fortemente em prol da educação e desde 2011 já beneficiamos mais de 112 mil pessoas. Acreditamos que o acesso a um ensino de qualidade, fortalece emocionalmente crianças e jovens, além de abrir portas profissionais e diminuir a situação de vulnerabilidade social. Essa parceria com o Alicerce só reforça ainda mais nosso compromisso neste setor”, declara Débora Costa Galvão, gerente de responsabilidade social do Grupo Cyrela.

As aulas ocorrem todos os dias da semana durante seis meses, respeitando regras de distanciamento social e protocolos de biossegurança. A metodologia única e moderna é baseada em estações de aprendizado, personalização de ensino, promoção do vínculo entre instrutor e aluno, e alinhamento com a BNCC (Base Nacional Curricular Comum) e OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Em escala, os resultados de transformações significativas contribuem para a redução da desigualdade educacional no Brasil e a elevação do nível de capital humano no país.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube