8 percepções sobre o futuro (bem próximo) do trabalho. O que será?

O mercado tende a exigir profissionais que transitem em mais de uma especialidade e que não sejam estáticos em suas habilidades profissionais e soft skills.

No dia internacional do trabalhador, não poderia falar sobre outro tema. Esta data que foi um marco da revolução da Indústria e sofre uma mudança drástica e recorrente em frente aos nosso olhos na Era Digital. Acredito ser importante trazer percepções sobre como será este futuro em curto prazo, assim como suas nuances.

Siga Bússola nas redes: Instagram | Linkedin Twitter  |   Facebook   |  Youtube

1. Aumento do ritmo de trabalho - O que é trabalho e o que é vida pessoal? Esta equação era mais simplificada com a saída do ambiente corporativo e a chegada em casa. Com o trabalho remoto por parte da população, nós cortamos deslocamentos e aumentamos o tempo dedicado ao trabalho. O ritmo também se torna mais acelerado porque nos tornamos “acessíveis” a todo momento, uma agenda com início antecipado e fim desconhecido, o que irá exigir atenção das empresas na assistência às equipes.

2. O trabalho remoto/híbrido - Um crédito bastante positivo foi atrelado ao trabalho remoto. Entretanto, observando o movimento das empresas globais ele não tende a ser definitivo, mas sim híbrido, misturado com o presencial no pós-pandemia. Grandes escritórios e estruturas não serão mais necessários porque se tornarão custos fixos altos e irrelevantes. Sistemas de coworking ou redução de espaços para rodízios de times provavelmente irão acontecer.

3. Desconstrução e reconstrução da confiança - Fomos ensinados a confiar no trabalho das pessoas literalmente olhando elas produzirem fisicamente. O trabalho afastado fez uma desconstrução da nossa relação de confiança com os times. No futuro próximo a reconstrução dessa confiança e a humanização cada vez mais constante da estrutura de comunicação interna tende a florescer ainda mais.

4. Diversidade e propósito - Em 2020 muito foi falado sobre diversidade, propósito e ESG. A partir de 2021 eles se tornam premissas. É preciso muito mais fazer do que dizer. A cobrança da sociedade será por ações aceleradas e concretas em torno destes temas, interna e externamente.

5. Economia criativa e empreendedorismo - Com o aumento do desemprego e as mudanças de paradigmas da transformação digital, a economia criativa e o empreendedorismo terão cada vez mais foco e visibilidade. O Brasil caminhou em 2020 para recordes históricos em número de empreendedores, correspondendo a praticamente 30% do PIB.

6. Automações e disrupções mais constantes - Vemos o nascer de novas start ups e rupturas de negócios diariamente. Praticamente todos os setores de serviços já tem novos modelos de negócios em relação aos tradicionais. A automação já é muito presente na indústria, no campo e nos serviços e veio para ficar. Ela pode sim substituir algumas profissões, mas simultaneamente gera outros postos de trabalho.

7. A necessidade de atributos diversificados - O mercado tende a exigir profissionais que transitem em mais de uma especialidade e que não sejam estáticos em suas habilidades profissionais e soft skills.

8. A ansiedade as transformações em tempo real - E por fim, grande parte das pessoas parece mais ansiosa e cansada de um período de tantas transformações em tempo real. Mas a nova geração tem trazido isso também para o trabalho. Existe uma ânsia em galgar novos cargos e remunerações em pouco tempo e isso também pode ressignificar o modo como as áreas de RH desenvolvem seus planos de carreira nas empresas como um todo.

Um ótimo dia de reflexão para vocês. E lembrem-se: no final, parte de quem faz o futuro do seu trabalho é você.

*Jaderson Alencar é sócio-diretor da FSB

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.