Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

4 dicas para prevenir fraudes com uso de biometria de voz

A cada 7 segundos um brasileiro é vítima de fraudadores no ambiente digital

Golpes financeiros cresceram 18,7% no Brasil (Getty Images/Getty Images)

Golpes financeiros cresceram 18,7% no Brasil (Getty Images/Getty Images)

B
Bússola

30 de novembro de 2022, 19h00

De acordo com um levantamento realizado pela Serasa Experian, em maio de 2022, as tentativas de golpes financeiros cresceram 18,7% no Brasil, em comparação com 2021. Os dados apontam, que durante o mês de março de 2022, foram registradas 389.788 tentativas de fraude.

Isso significa que a cada 7 segundos um brasileiro é vítima dos fraudadores. Para ajudar na prevenção das fraudes em aplicativos financeiros, a Minds Digital, Voice IDTech pioneira em biometria de voz no Brasil, preparou, a pedido da Bússola, 4 dicas para as empresas colocarem em prática e protegerem seus clientes de criminosos.

1. Autentique o usuário durante o processo de onboarding

Durante o processo de onboarding, logo no início da jornada do consumidor, é muito importante verificar a identidade do usuário para evitar fraudes de identidade, transações fraudulentas, contas de fraudadores já conhecidas e contas laranjas. Ainda vale lembrar que, de acordo com o Banco Central, as instituições financeiras podem ser responsabilizadas por esses golpes e fraudes. A autenticação por voz dos usuários é uma etapa fundamental para evitar acessos indevidos em contas por outras pessoas.

2. Utilize métodos avançados de verificação de identidade

Se por um lado a facilidade para abrir contas bancárias por telefone trouxe mais comodidade para os consumidores, por outro, apresenta novos desafios de segurança, uma vez que o uso de senhas e dados pessoais não é mais seguro. Diante disso, é importante adotar métodos avançados de verificação da identidade, que usem a inteligência artificial para analisar dados em grande escala e em tempo real — como a biometria de voz. Além da maior eficiência dessa tecnologia, a experiência do cliente é aprimorada, tornando-se mais ágil e segura.

3. Valide as transações financeiras

As fraudes cometidas via aplicativos financeiros podem acontecer tanto em decorrência de roubo ou furto de celular, como por mecanismos de engenharia social. Nos dois cenários, caso exista também uma validação por biometria de voz, o fraudador não será capaz de completar a invasão da conta ou a transação, pois a solução é integrada aos aplicativos e o sistema analisará que a voz dele não é a voz do cliente.

4. Proteja o cartão de crédito desde a solicitação

Peça a confirmação da solicitação e do recebimento da segunda via do cartão de crédito, validando o usuário por meio da biometria de voz. Certifique-se de que não é um fraudador que está se passando pelo cliente e que não houve alteração cadastral fraudulenta para desviar a entrega do cartão.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

VEJA TAMBÉM:

Últimas Notícias

ver mais
Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei
Bússola

Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital
Bússola

/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Análise do Alon: O gato escaldado
Bússola

Análise do Alon: O gato escaldado

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Veja como se tornar um líder triple A
Bússola

Veja como se tornar um líder triple A

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais