Brasil

TSE registra 1,9 mil urnas trocadas e 35 prisões

Balanço do Superior Tribunal Eleitoral foi divulgado às 11h50

Urnas: número de urnas com defeitos representa 0,38 do total de 454,4 mil urnas utilizadas no pleito (Bruno Kelly/Reuters)

Urnas: número de urnas com defeitos representa 0,38 do total de 454,4 mil urnas utilizadas no pleito (Bruno Kelly/Reuters)

AB

Agência Brasil

Publicado em 28 de outubro de 2018 às 12h57.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou para 1.956 mil o número de urnas eletrônicas que apresentaram defeito e foram substituídas em todo o país até as 11h50.

Segundo o tribunal, o número representa 0,38 do total de 454,4 mil urnas utilizadas no pleito de segundo turno deste ano. Até o momento, não foram registrados locais com votação manual.

O TSE também registrou 35 prisões de pessoas por propaganda eleitoral, que é proibida no dia da eleição.

Neste segundo turno, os eleitores de 13 estados e do Distrito Federal vão às urnas para escolher os governadores e vices e o futuro presidente da República. Nos outros 13 estados, as eleições para o governo estadual foram definidas no primeiro turno, e os eleitores vão votar somente para presidente.

Acompanhe tudo sobre:Eleições 2018TSE

Mais de Brasil

Conselho proíbe internação de crianças e adolescentes em comunidades terapêuticas

Casas de apostas terão que comunicar operações suspeitas ao Coaf e classificar risco de apostadores

Lula assina decreto reajustando Bolsa Atleta em 10,86%

Base Aérea de Canoas funcionará 24 horas por dia

Mais na Exame