TRE manda excluir vídeo contra Doria postado por vereador no Facebook

Postagem "desborda a liberdade de expressão na medida em que veicula montagem aparentemente ilícita", afirma desembargador

São Paulo - O Tribunal Regional Eleitoral, por meio de uma decisão liminar feita no domingo, 14, determinou a retirada de um vídeo postado pelo vereador Camilo Cristófaro (PSB) no Facebook supostamente distorcendo uma fala do candidato ao Governo de São Paulo João Doria (PSDB) em debate da TV Bandeirantes em 22 de setembro.

As informações foram divulgadas no site do TRE.

Para o juiz auxiliar da propaganda eleitoral, o desembargador Paulo Galizia, "a postagem desborda a liberdade de expressão na medida em que veicula montagem aparentemente ilícita, que distorce a afirmação feita por João Dória".

O descumprimento da decisão gera multa diária de R$ 10 mil.

DEFESA

Procurado pela reportagem, o vereador Camilo Cristófaro afirmou que João Doria teria uma equipe dedicada a vasculhar sua página.

"Tudo que eu coloquei em minha página é público, mas decisão judicial não se discute, se cumpre. Eu não retiraria o vídeo, mas o próprio Facebook já tirou", afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.