SP volta a bater recorde de calor; Rio atinge máxima de 43,6°C

É a maior temperatura máxima do Rio desde o início da medição pelo Alerta Rio, em 2014

A cidade de São Paulo voltou a bater o recorde de temperatura de 2020, registrando 37,4 ºC nesta sexta-feira, 2, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Essa é a segunda maior marca desde o início das medições pelo órgão, que ocorreu em 1943. Os números mostram que pela primeira vez nessa série histórica a capital paulista conviveu com três dias seguidos acima dos 37 ºC, já que na quarta-feira, 30, e na quinta-feira, 1, a marca havia ficado em 37,1 ºC.

Veja a lista dos recordes de temperatura na cidade de São Paulo

1 - 37,8 ºC em 17 de outubro de 2014

2 - 37,4 ºC em 2 de outubro de 2020

3 - 37,1 ºC em 30 de setembro de 2020 e 1.º de outubro de 2020

4 - 37ºC em 20 de janeiro de 1999

5 - 36,7 ºC em 19 de janeiro de 1999 e em 21 de janeiro de 1999

6 - 36,6 ºC em 31 de outubro de 2012

A temperatura desta sexta-feira só ficou abaixo dos 37,8 ºC registrados em 17 de outubro de 2014. As marcas desta semana estão bem acima da média para o período, que costumam ficar em torno dos 25º C. O fenômeno recente pode ser explicado pelo avanço de uma massa de ar quente e seco, que vem quebrando recordes de temperatura no Sudeste e no Centro-Oeste.

Segundo a Climatempo, neste sábado, 3, a passagem de uma frente fria vai provocar chuva e derrubar as temperaturas sobre o leste de São Paulo. Na capital paulista, o céu ficará encoberto, com chuva moderada, e a máxima não vai passar de 23 ºC. Neste domingo, 4, os termômetros não devem ficar acima de 22 ºC na cidade.

Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro registrou hoje (2) a temperatura  máxima de 43,6° Celsius (ºC), às 15h30, em Irajá, bairro da zona norte do Rio, de acordo com o Sistema Alerta Rio. É a maior temperatura máxima da cidade desde o início da medição pelo Alerta Rio, em 2014. Antes disso, o recorde foi de 42,9°C, na estação de Guaratiba, na zona oeste, em 31 de dezembro de 2016. A maior sensação térmica desta sexta-feira (2) foi 49,4°C, às 16h30, também em Irajá.

Mudança no tempo

Para este sábado (3), o céu ficará nublado a encoberto no RJ, com ventos moderados a fortes, devido a um sistema de alta pressão que se deslocará do oceano. A  previsão é de chuva fraca a moderada, a partir da noite, com a temperatura mínima ficando em torno dos 21ºC e a máxima nos 34ºC, caindo durante a madrugada com a chegada da frente fria.

Para domingo (4), a previsão é de céu encoberto com chuva fraca a moderada em áreas isoladas ao longo do dia, com ventos moderados a fortes. A temperatura mínima ficará em torno dos 18ºC e a máxima chegará aos 28ºC.

Ressaca do mar

O Centro de Hidrografia da Marinha emitiu um alerta de ressaca do mar, a partir das 9h deste domingo até a segunda-feira (5) às 21h. As ondas, de acordo com o comunicado da Marinha, podem atingir até 2,5 metros de altura na orla do Rio.

Ontem (1º), a temperatura máxima no município do Rio foi de 40,7ºC, no bairro de Guaratiba, zona oeste da cidade, e a sensação térmica chegou aos 49,1ºC, em Santa Cruz, também na zona oeste.

Praias lotadas

Com o veranico em plena Primavera, as praias do Rio ficaram lotadas, apesar da proibição da prefeitura da cidade de que os banhistas permaneçam na areia. A 6ª fase de flexibilização da prefeitura permite que os banhistas mergulhem no mar, mas não fiquem tomando sol na areia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.