Senador Dario Berger é eleito presidente da Comissão de Orçamento

O processo foi conduzido pelo presidente em exercício do colegiado, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)

Depois de quase dois meses de disputas e indefinições, a Comissão Mista de Orçamento, no Congresso, conseguiu eleger da mesa diretora.

O senador Dario Berger (PMDB-SC) foi escolhido para a presidência e o deputado Cacá Leão (PP-BA), para a relatoria do Orçamento Geral da União. A comissão, instalada em 28 de março, até hoje (16) ainda não havia eleito o presidente.

Neste ano, a Comissão de Orçamento tem 42 integrantes titulares e igual número de suplentes. São 31 deputados e 11 senadores.

O processo foi conduzido pelo presidente em exercício do colegiado, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE).

Ao tomar posse, Dario Berger disse que na próxima semana realizará a eleição dos três vices-presidentes, e logo que estiver familiarizado com os trabalhos, designará os outros cargos, como o do relator de receitas e despesas da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

A escolha do nome de Berger, contudo, não foi pacífica.

O deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) questionou a legitimidade do processo com o argumento de que o Regimento Comum do Congresso Nacional impede que haja qualquer tipo de deliberação enquanto o plenário estiver em sessão deliberativa.

"Para evitar recursos, o ideal seria suspender a sessão e aguardar o final da ordem do dia", disse.

O deputado Cacá Leão já havia sido designado relator, pelo senador Valadares, na semana passada, mesmo sob protestos de Domingos Sávio.

O tucano argumentou que por ser a segunda maior bancada, o PSDB deveria ficar com o cargo. Na ocasião, Valadares disse que o cargo ficaria com o deputado, por ser representante do maior bloco, que inclui o PP, PTN e PTdoB.

A demora na definição dos cargos de presidente e relator ocorreu em razão da demora do líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), em não indicar os três senadores titulares e os três suplentes da legenda.

Neste ano, a presidência deve ser exercida por um senador do PMDB, legenda com maior número de senadores.

Com isso, a comissão não conseguiu eleger o presidente nem os vices.

O PSDB também retardou o processo ao não indicar seus representantes, um senador titular e um suplente.

O partido pleiteava a indicação para a relatotia do Orçamento da União.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.