Pronunciamento de Temer deve ser às 16h, dizem fontes

O presidente divulgou uma nota na noite de quarta-feira em que confirma o encontro com Joesley Batista mas diz nunca ter tratado de pagamentos a Cunha

Brasília - O presidente Michel Temer fará um pronunciamento na tarde desta quinta-feira, em torno das 16h, para tentar rebater a denúncia de que teria dado aval a Joesley Batista para pagar uma mesada para que o ex-deputado Eduardo Cunha mantivesse silêncio sobre denúncias contra o governo, informou uma fonte palaciana.

O presidente divulgou uma nota na noite de quarta-feira em que confirma o encontro mas diz nunca ter tratado de pagamentos a Cunha com o empresário.

Temer passou a manhã reunido com seus principais auxiliares tentando formatar uma resposta às acusações. A intenção do presidente era falar pela manhã, mas seus aliados avaliaram que seria importante tentar, antes, ter acesso às gravações que os irmãos Batista teriam entregue à Justiça.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também