PF alerta que corte no orçamento pode afetar investigações

Delegados da PF demonstraram preocupação com o corte orçamentário, o qual pode atingir as atividades coorporativas

São Paulo - Os delegados de Polícia Federal manifestaram nesta terça feira, 19, preocupação com o risco de corte no orçamento que pode atingir as atividades da corporação.

Em nota, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), mais importante e influente entidade da categoria, avalia que o enxugamento pode provocar "paralisação das atividades da PF, inclusive de investigações e operações policiais, caso se confirme o corte orçamentário de cerca de 70 bilhões de reais desejado pela área econômica do governo federal".

O corte orçamentário prevê atrasar ou não executar, por falta de receita suficiente, parte da programação prevista na Lei Orçamentária de 2015.

Segundo os delegados da PF, o decreto de contingenciamento número 8.389/2015 mostra que o governo federal fixou um limite de 1/18 no orçamento de 2015, o que gera aperto de cerca de 30% nas contas públicas.

Assim, o orçamento para a Polícia Federal, calculado para 2015 no valor de R$ 5,39 bilhões, com o decreto apresentado, será de pouco mais de R$ 3,7 bilhões, calculam os delegados.

Para os delegados "investir na Polícia Federal é contribuir para o equilíbrio das contas públicas por intermédio de suas ações de combate ao desvio de recursos públicos".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.