Copersucar diz que terminal teve princípio de incêndio

Segundo uma agência marítima, um sistema de compressão de ar do terminal foi afetado

São Paulo - O terminal de açúcar da Copersucar, uma das maiores exportadoras do produto no mundo, registrou um foco de incêndio nesta terça-feira no porto de Santos, informou a empresa, confirmando algumas informações de agências marítimas e acrescentando que não houve impacto nas operações.

"Confirmamos que houve um princípio de incêndio no TAC, na madrugada de hoje, rapidamente controlado, sem propagação e sem prejuízo das operações. O TAC está com operações normais de recepção e embarque", afirmou a Copersucar em nota.

Segundo a agência Williams, um sistema de compressão de ar do terminal foi atingido pelo fogo.

No momento do incêndio não havia nenhum navio atracado no terminal.

Segundo a Wilson Sons, o navio MV Nord Glory havia partido há pouco.

Já o navio MV Viola está previsto para atracar nas próximas horas no terminal da Copersucar.

Em outubro de 2013, alguns armazéns da Copersucar em Santos foram destruídos por um incêndio.

Em agosto de 2014, houve um incêndio no terminal de açúcar da Cosan, também em Santos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.