Para dedurar é preciso ter o que dedurar, diz Odebrecht

O empresário diz ainda que "é provável e mais do que natural" que ele tenha conversado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a Petrobras

O empresário Marcelo Odebrecht - feira em depoimento à CPI da Petrobras que "é provável e mais do que natural" que ele tenha conversado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a petroleira, embora tenha dito em seguida que não se lembra.

Ele também disse, referindo-se a um possível acordo de delação premiada, que para "dedurar é preciso ter o que dedurar".

"Primeiro, para alguém dedurar, ele precisa ter o que dedurar. Esse é o primeiro fato. Isso acho que não ocorre aqui. Segundo, acho que é uma questão de valor moral; ainda se alguém tivesse", disse o empresário a parlamentares em Curitiba.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.