Operação da PM no Alemão deixa seis mortos; 14 escolas são fechadas

Moradores afirmam que uma vítima era um mototaxista que estava trabalhando quando foi alvejado

Seis pessoas foram mortas e um policial militar ficou ferido durante confrontos entre a PM e traficantes no complexo de favelas do Alemão, na zona norte do Rio, na manhã desta quarta-feira, 18.

Segundo a Polícia Militar, cinco dos seis mortos seriam suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. Os moradores afirmam que uma vítima era um mototaxista que estava trabalhando quando foi alvejado.

Os moradores apontaram, ainda, que essa seria a primeira operação do governo Wilson Witzel (PSC) a usar helicóptero no Alemão, a partir do qual teriam sido feitos disparos contra pessoas em terra. Segundo afirmam, houve fechamento de ao menos 14 escolas na região por causa da troca de tiros.

Em nota, a PM afirmou que foi recebida a tiros por criminosos assim que entrou na comunidade. Um policial de 34 anos foi baleado e levado para o Hospital Getúlio Vargas. Submetido a cirurgia, ele estava em estado grave até o fechamento desta edição, segundo a PM.

A polícia afirma ter apreendido um fuzil, quatro pistolas e 47 artefatos explosivos. Também teriam sido encontrados duas prensas e diversos coletes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também