“O que mais machuca adversários é meu sucesso”, diz Lula

Ex-presidente disse que voltará a viajar pelo Brasil para apoiar o PT

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta quarta-feira do evento de posse da nova presidência do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e disse que seu “sucesso” é o que “mais machuca” seus adversários políticos.

As declarações de Lula chegam dois dias após a conclusão do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) e uma semana depois da divulgação das declarações do empresário Marcos Valério ao Ministério Público Federal (MPF) denunciando que o ex-presidente teve o pagamento de despesas pessoais feitos por meio do esquema.

“Só existe uma possibilidade de eles me derrotarem: é trabalhar mais do que eu. Mas se ficar um vagabundo em sala com ar condicionado falando mal de mim vai perder”, declarou Lula em aparente referência às novas acusações.

Além disso, Lula antecipou que no ano que vem retomará suas viagens pelo Brasil para apoiar o PT e intensificar a política de alianças com outros partidos.

“Voltarei a caminhar pelo Brasil porque acho que ainda temos muito que fazer. Temos que ajudar à presidente Dilma (Rousseff) a fazer cada vez mais por este país”, ressaltou no ato realizado em São Bernardo do Campo.

Sobre as acusações contra Lula também se pronunciou o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que garantiu que ‘avaliará’ as denúncias que envolvem o ex-presidente.

“Temos que analisar o assunto com profundidade e decidir se cabe uma investigação”, afirmou Gurgel a jornalistas. 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.