MP do Rio quer suspender alta das tarifas de ônibus

MP deve entrar na Justiça nesta segunda-feira com uma ação com pedido de liminar para anular o reajuste, sob o argumento de ser inconstitucional

Rio de Janeiro - O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro quer a suspensão do aumento da tarifa dos ônibus municipais na capital. O MP deve entrar na Justiça nesta segunda-feira com uma ação com pedido de liminar para anular o reajuste praticado no município do Rio, sob o argumento de ser inconstitucional. Desde sábado (3), o preço da passagem subiu de R$ 3,00 para R$ 3,40.

O reajuste representa um aumento de 13,33% no valor da tarifa, mais que o dobro da inflação acumulada no ano de 2014, segundo a prévia da inflação oficial do País. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fechou o ano passado com alta de 6,46%. Na região metropolitana do Rio de Janeiro, a prévia da inflação mostra aumento de preços de 7,42%.

O MP contesta a fórmula de cálculo adotada para o reajuste anunciado, que não leva em conta a metodologia acertada no contrato de concessão, que incluiria inflação e custos das empresas. O aumento em vigor teria sido maior do que o devido, porque o decreto publicado na sexta-feira pela prefeitura do Rio repassa ao passageiro o custo das gratuidades e do investimento para a compra de veículos com ar condicionado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também