Brasil

Nova ala do JK antecipa um novo tempo, diz Moreira Franco

Ministro da Secretaria de Aviação Civil exaltou programa de investimentos conduzidos pelo governo, que, diz ele, deve elevar nível de serviços aeroportuários


	Moreira Franco: ministro disse ainda que o aeroporto "nem parece que está no Brasil"
 (Elza Fiúza/ABr)

Moreira Franco: ministro disse ainda que o aeroporto "nem parece que está no Brasil" (Elza Fiúza/ABr)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de abril de 2014 às 16h34.

Brasília - O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, afirmou na tarde desta quarta-feira, 16, que a nova ala do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, que está sendo inaugurada com a presença da presidente Dilma Rousseff, significa a entrada dos terminais brasileiro no século XXI.

"O objetivo dela (Dilma) é levar a infraestrutura aeroportuária pro século XXI. Não só no aspecto físico, mas humano", afirmou.

O ministro disse ainda que o aeroporto "nem parece que está no Brasil". "Ele antecipa um novo tempo."

Moreira Franco exaltou o programa de investimentos conduzidos pelo governo, que segundo ele deve elevar o nível de serviços aeroportuários no país.

"Essa mudança de qualidade certamente provocará um impacto na cultura da Infraero para que o conjunto dos nossos aeroportos pratique esse mesmo compromisso, que é garantir sempre o melhor serviço ao passageiro", disse.

Acompanhe tudo sobre:Aeroporto de BrasíliaAeroportosAeroportos do BrasilBrasíliaDilma RousseffEmpresasInvestimentos de governoPersonalidadesPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPT – Partido dos TrabalhadoresTransportestransportes-no-brasil

Mais de Brasil

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Após receber novas doses, SP vai retomar a vacinação contra dengue neste sábado

Boulos quer câmeras corporais em agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Mais na Exame