Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Meninos são os que sofrem e praticam mais bullying

Pesquisa do IBGE mostra um cenário preocupante de bullying e insegurança corporal entre jovens estudantes do Brasil

São Paulo – O bullying, termo do inglês que identifica uma violência constante sem motivo aparente contra uma mesma vítima, está cada vez mais comum nas escolas brasileiras. Segundo pesquisa do IBGE, 7,2% dos alunos do último ano do ensino fundamental declararam “sempre ou quase sempre se sentir humilhados”, de acordo com a pesquisa feita em 2012.

Os dados da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar também indicam que o percentual dos meninos que sofrem bullying (7,9%) é maior do que o de meninas (6,5%). São os meninos também os que mais praticam bullying com os colegas, 26,1% contra 16% das meninas. Do número total de alunos, 20,8% confessou ter praticado algum ato de bullying (“esculachar, zoar, mangar, intimidar ou caçoar”, de acordo com o relatório).

O bullying é ligado a casos de depressão em crianças e adolescentes, segundo a Organização Mundial de Saúde. Outro sintoma ligado à depressão é a percepção corporal dos jovens em relação a si mesmos. 

Na pesquisa, chama atenção o fato de que 19,1% das garotas do nono ano do ensino fundamental se consideram “gordas ou muito gordas”. Entre os meninos, 22,2% se consideraram “magros ou muito magros”.

Entre as meninas, outro dado espanta: 6,4% delas admitiu induzir o próprio vômito ou tomar laxantes para emagrecer. Nas escolas públicas, 5% dos estudantes afirmaram adotar esses procedimentos. Nas particulares, o número foi maior: 6,3%. Já os meninos costumam recorrer mais a medicamentos para ganhar peso e massa muscular, sem acompanhamento médico, 8,4% deles admitiu utilizar esse recurso nos últimos 30 dias que precederam a pesquisa, contra 4,2% das meninas.

Outro dado da pesquisa mostra que 16,5% dos estudantes do nono ano declararam terem se sentido sozinhos nos 12 meses que antecederam a pesquisa. O problema de solidão é maior nas meninas, 21,7% delas reclamaram de solidão, contra 10,7% dos meninos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também