Levy diz estar confiante em solução sobre dívida dos Estados

Após encontro com Renan Calheiros, o ministro da Fazenda disse estar confiante em uma solução sobre mudanças no indexador de dívidas

Brasília - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta segunda-feira, depois de encontro com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que está confiante em uma solução para o impasse relativo à mudança no indexador das dívidas de Estados e municípios com o Tesouro Nacional.

O Senado Federal poderá votar na terça-feira um projeto, aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada, que dá prazo de 30 dias para que a União altere o indexador das dívidas de Estados e municípios, conforme prevê legislação aprovada no fim do ano passado.

A proposta começou a tramitar no Congresso Nacional depois que a prefeitura do Rio de Janeiro ganhou na Justiça uma liminar garantindo a repactuação do débito.

"Estou bastante confiante de um encaminhamento positivo, a um entendimento generalizado ... e da importância de todo mundo contribuir para o ajuste (fiscal)" disse Levy. A mudança de indexador foi aprovada no fim do ano passado, mas o governo federal ainda não fez qualquer repactuação de dívida, argumentando que a legislação precisa de regulamentação.

O ministro Levy disse na semana passada que a União, em meio a um forte ajuste fiscal, não tem condições de absorver no momento o custo da repactuação, que neste ano chegaria a 3 bilhões de reais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.