Lei Seca mais rígida é sancionada por Dilma

Motorista embriagado será identificado por outros meios além do bafômetro e punições serão mais pesadas

São Paulo - A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira, dia 20, várias alterações na chamada Lei Seca, que busca aumentar a fiscalização e a punição aos motoristas que forem flagrados alcoolizados ao volante.

Aprovado no Senado na terça (18) e a presidente decidiu acelerar o processo de sanção para que as medidas sejam válidas já nas festas de final de ano.

A nova Lei Seca dá a Justiça outros meios para a determinar que um motorista está embriagado, além do teste do bafômetro. Até agora, muitas pessoas se recusavam a realizar o teste do bafômetro e fugiam do flagrante de embriaguez.

Assim como acontece hoje, ninguém será obrigado a realizar o teste do bafômetro – mas a embriaguez, agora, pode ser provada de outras formas, como testes clínicos, depoimento de policiais e testemunhas, além de fotos e vídeos.

A punição também ficará mais pesada no bolso dos infratores. A multa, que atualmente é de R$ 957,65 para o motorista flagrado sob alcoolizado ou sob drogas psicoativas, vai subir para R$ 1.915,30.

Se houver reincidência dentro de um ano, o valor será duplicado, chegando a R$ 3.830,60, e a carteira de habilitação do motorista estará automaticamente suspensa por 12 meses.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também