Brasil

Já são 50 manifestantes em protesto contra Graça Foster

Com panelas e cartazes, o grupo se mobilizou pela internet. Seus integrantes dizem não ter ligações com partidos políticos e entidades organizadas


	Graça: pessoas cobram demissão da executiva e responsabilização pelas irregularidades cometidas na Petrobras
 (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Graça: pessoas cobram demissão da executiva e responsabilização pelas irregularidades cometidas na Petrobras (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

DR

Da Redação

Publicado em 3 de fevereiro de 2015 às 18h40.

Rio - Cerca de 50 pessoas permanecem em frente ao prédio onde mora a presidente da Petrobras, Graça Foster, em Copacabana, na zona sul do Rio.

Elas cobram a demissão da executiva e sua responsabilização pelas irregularidades cometidas na empresa.

Com panelas e cartazes, o grupo se mobilizou pela internet. Seus integrantes dizem não ter ligações com partidos políticos e entidades organizadas.

Em discursos feitos na calçada do edifício, na rua Bolivar, manifestantes estão criticando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o PT.

Também estão pedindo o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A manifestação continua de modo pacífico.

A vigilância é realizada por cerca de 50 policiais militares.

Acompanhe tudo sobre:Capitalização da PetrobrasEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasEmpresas estataisEstatais brasileirasExecutivos brasileirosGás e combustíveisGraça FosterIndústria do petróleoMulheres executivasPetrobrasPetróleoProtestosProtestos no Brasil

Mais de Brasil

Governo diz que 'apagão cibernético' não afetou sistema Gov.br e outros sistemas

Entenda por que terremoto no Chile foi sentido em São Paulo

Censo: quilombolas têm taxa de analfabetismo quase três vezes maior do que a nacional

Mais na Exame