A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Ideal é reforma da Previdência este ano, diz Alckmin

Em Brasília, o governo do presidente Michel Temer trabalha para montar uma versão mais enxuta do projeto de reforma

São Paulo - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) disse nesta quinta-feira, 9, preferir que a reforma da Previdência seja votada ainda este ano. "Ano que vem é ano eleitoral, as coisas ficam muito mais difíceis", ponderou.

O governador disse ainda que, em sua avaliação, o tema deveria ter sido colocado em votação ainda no ano passado.

"Eu teria, ao invés de ter votado o teto (de gastos), votado a Previdência", disse após cerimônia no Palácio dos Bandeirantes que apresentou os finalistas do Pitch Gov.SP. O programa incentiva e premia startups que desenvolvem soluções para a administração pública.

Em Brasília, o governo do presidente Michel Temer trabalha para montar uma versão mais enxuta do projeto de reforma, que possa ser colocada em votação ainda este ano. O item, no entanto, sofre forte rejeição inclusive na base aliada.

Nesta quinta, o líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA), afirmounesta quinta-feira que o partido não votará a favor da reforma da Previdência "de jeito nenhum", mesmo com as alterações autorizadas pelo governo.

"Reforma da Previdência tem que ser votada em início de mandato. É um ano pré-eleitoral. Pelo menos no Nordeste, quem votar a reforma o cara está morto (politicamente)", se queixou o líder do PR.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também