Goldman pode ser alternativa a Tasso no comando do PSDB

Sugestão de grupo de tucanos paulistas tem apoio do Planalto

Brasília - Depois de muito bate-boca e confusão, a ala do PSDB contrária à permanência do senador Tasso Jereissati (MG) como presidente interino do partido retomou as articulações para tentar substituí-lo. Com apoio do Planalto, o nome sugerido por grupo de tucanos paulistas foi o do ex-governador de São Paulo Alberto Goldman.

Um dos sete vice-presidentes do PSDB, Goldman estava nesta quarta-feira, 23, em Brasília, mas desconversou ao ser questionado sobre o assunto. A principal resistência ao seu nome está em São Paulo. O prefeito João Doria, que chegou a ser chamado por ele de "desgraça para o PSDB", e o governador Geraldo Alckmin preferem a manutenção de Tasso até a convenção.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.