Gleisi Hoffmann nega ser "plano B" para Lula

Senadora do PT classificou a especulação sobre uma alternativa ao ex-presidente como um "imbróglio" e uma tentativa da mídia de "semear intrigas" no partido
Gleisi Hoffmann: "Aviso reto: não sou candidata a presidente, a vice ou pretendente a ser. O PT tem candidato! É Lula!!! Aceitem, dói menos" (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Gleisi Hoffmann: "Aviso reto: não sou candidata a presidente, a vice ou pretendente a ser. O PT tem candidato! É Lula!!! Aceitem, dói menos" (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
D
Daniel Weterman, do Estadão ConteúdoPublicado em 04/06/2018 às 17:19.

São Paulo - A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), negou que pretende ser candidata à Presidência da República como alternativa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Lava Jato.

Conforme a Coluna do Estadão, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de restringir o foro privilegiado nos casos de deputados e senadores levou a presidente do partido a entrar na lista de cotados a presidenciáveis caso Lula seja impedido pela Justiça Eleitoral.

"Aviso reto: não sou candidata a presidente, a vice ou pretendente a ser. O PT tem candidato! É Lula!!! Aceitem, dói menos", escreveu Gleisi em sua conta no Twitter.

A petista classificou a especulação sobre uma alternativa a Lula como um "imbróglio" e uma tentativa da mídia de "semear intrigas" no partido.