Em meio a críticas, Meio Ambiente oficializa Secretaria da Amazônia

Governo tem sido alvo de queixas dentro e fora do país por não agir de maneira firme para combater o desmatamento e as queimadas na Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente oficializou nesta segunda-feira a criação da Secretaria da Amazônia e Serviços Ambientais com a nomeação de Joaquim Alvaro Pereira Leite para comandar o órgão e a escolha de integrantes para integrar a repartição, conforme publicado no Diário Oficial da União (DOU), em meio a críticas sobre a atuação do governo na preservação da floresta amazônica.

A Secretaria da Amazônia foi prevista em decreto do ministério de 11 de agosto, numa reorganização de estrutura da pasta.

Essa divisão do ministério, conforme o decreto, vai formular e coordenar estratégias e políticas para, entre outros objetivos, prevenir e controlar o desmatamento ilegal, os incêndios florestais e as queimadas, e ainda reduzir a vegetação degradada.

Procurado por meio da assessoria de imprensa, o ministério ainda não respondeu a pedidos de comentário.

O governo federal tem sido alvo de queixas dentro e fora do país por não agir de maneira firme para combater o desmatamento e as queimadas na Amazônia.

Em audiência pública no Supremo Tribunal Federal, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, rebateu o que chamou de “narrativas” que tentam culpar o Executivo por desmontes ou retrocessos na política ambiental.

Na terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro vai aproveitar seu discurso na Assembleia-Geral da ONU para defender a atuação do governo na região.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.