Eletropaulo é multada em R$ 3,7 milhões

O motivo é a demora no restabelecimento de energia em um hospital de Osasco

São Paulo - A Fundação Procon-SP autuou nesta terça-feira, 13, a Eletropaulo em R$ 3,764 milhões pela demora no restabelecimento de energia no Hospital Municipal e Maternidade Amador Aguiar, em Osasco.

O hospital ficou sem luz por mais de oito horas, de acordo com nota do Procon.

O órgão de defesa do consumidor afirma ter solicitado as gravações dos atendimentos telefônicos entre a concessionária e o hospital e que os áudios comprovaram falha no atendimento da concessionária.

O Procon-SP avalia ainda outras sanções sobre casos em análise. Conforme nota, são mais de mil reclamações recebidas contra a Eletropaulo desde 29 de dezembro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.