Brasil

Dezembro é o mês do ano em que brasileiros mais casam

Entre 2010 e 2015, essa foi a época do ano que teve o maior número de registros de uniões civis em cartórios do país, segundo dados do IBGE

Livres para casar (Getty Images)

Livres para casar (Getty Images)

Bárbara Ferreira Santos

Bárbara Ferreira Santos

Publicado em 27 de novembro de 2016 às 06h00.

Última atualização em 27 de novembro de 2016 às 06h00.

São Paulo — Maio pode até levar a fama de mês das noivas, mas, na prática, a época do ano em que os brasileiros mais se casam é dezembro, segundo dados do IBGE divulgados na quinta-feira passada.

Entre 2010 e 2015, esse foi o mês preferido de quem registrou a união civil nos cartórios do país. Dos mais de 5,3 milhões de casamentos documentados nesse período, cerca de 669 mil ocorreram em dezembro.

Apesar das chuvas de verão, o mês é favorável para casamentos porque permite que as pessoas tirem dias de folga para viajar durante os recessos de fim de ano. É também a época em que o 13º entra na conta dos assalariados e pode haver um dinheiro extra para fazer a cerimônia.

Os últimos meses do ano são considerados a “alta temporada” para casamentos no ano. De setembro a dezembro é que acontecem a maior parte das uniões civis no país. Só esses quatro meses concentram 40,9% dos casamentos anuais entre 2010 e 2015.

Depois deles, outro mês de férias aparece nesse ranking: o mês de julho ficou em 5º lugar, com mais de 444 mil casamentos nesses cinco anos. Já Maio aparece apenas em 6º lugar, com 443 mil uniões.

A época mais preterida pelos noivos brasileiros é fevereiro, mês que registrou apenas 351 casamentos entre 2010 e 2015, metade do que foi registrado em dezembro.

Veja a tabela de meses mais “populares” para se casar entre 2010 e 2015:

Total de registros entre 2010 e 2015 5 364 441
Dezembro  669 527
Novembro  535 421
Outubro  508 424
Setembro  482 462
Julho  444 335
Maio  443 736
Janeiro  421 156
Junho  392 447
Março  381 766
10ºAbril  372 271
11ºAgosto  361 728
12ºFevereiro  351 168
Acompanhe tudo sobre:BrasilCasamentoIBGE

Mais de Brasil

Letalidade policia cresce 188% em 10 anos; negros são as principais vítimas, aponta Anuário

⁠Violência doméstica contra a mulher cresce 9,8% no Brasil, aponta Anuário de Segurança Pública

As marcas de celular mais roubadas no Brasil, segundo Anuário de Segurança Pública

As 5 cidades com as maiores taxas de roubo e furto de celular, segundo Anuário

Mais na Exame