• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

CPI da Pandemia: senador do Amazonas será presidente e Calheiros, relator

Omar Aziz (PSD-AM) era nome cogitado como presidente pelo governo Bolsonaro
 (Agência Brasil/Roque de Sá)
(Agência Brasil/Roque de Sá)
Por Agência O GloboPublicado em 16/04/2021 14:39 | Última atualização em 16/04/2021 14:39Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O senador independente Omar Aziz (PSD-AM) foi confirmado como presidente da CPI da Pandemia e o oposicionista Renan Calheiros (MDB-AL) será o relator. A informação é do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito, que assumirá a vice-presidência do colegiado. Com a escolha de Randolfe e Renan, dois adversários do governo Bolsonaro ocuparão postos de comando.

A costura foi feita na manhã desta sexta-feira pela maioria dos integrantes da CPI e deve ser confirmada em reunião que ocorrerá entre os membros ainda hoje, às 15 horas.

Procurado pelo GLOBO, o senador Omar Aziz disse que ainda conversa com os colegas sobre o tema e que não há uma decisão oficial. Aliados do parlamentar confirmam que ele já possui apoio suficiente para se eleger. Aziz também tem respaldo do governo, que, diante da iminente indicação de Renan Calheiros, fez um esforço para evitar outro senador de oposição na presidência.

Oposicionistas tinham receio de que Aziz pudesse assumir uma posição mais alinhada ao governo na CPI e resistiam ao seu nome. Eles tentaram emplacar Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Otto Alencar (PSD-BA) ao posto, mas os dois recusaram. A ideia, então, foi garantir que o senador do PSD iria garantir a indicação de Renan, caso fosse efetivamente eleito.

Governistas, por sua vez tentaram convencer Aziz a não escolher Renan como relator. Ele chegou a procurar Eduardo Braga para sugerir que ele ocupasse a vaga, mas o senador amapaense não quis entrar em disputa com seu correligionário.