Bruno Covas é submetido a radioterapia após "sangramento residual"

Prefeito de SP está sendo acompanhado para o tratamento de um câncer que atinge seus sistemas digestivos e ósseos

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), segue internado sem previsão de alta no Hospital Sírio Libanês, região central da capital. De acordo com boletim médico, o quadro do prefeito é estável e ele segue recebendo todo o suporte clínico necessário.

Ontem (5), Covas fez novo exame que detectou um "discreto sangramento residual" no estômago. Segundo boletim médico, após o diagnóstico por exame de endoscopia, o prefeito foi submetido a tratamento com radioterapia local a fim de controlar a perda de sangue.

Covas está sendo acompanhado para o tratamento de um câncer que atinge os sistemas digestivos e ósseos do prefeito. O boletim é assinado pelos médicos Fernando Ganem e Ângelo Fernandez.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também