Com votação de TLP, Eunício remarca sessão do Congresso

A sessão estava marcada para manhã, mas foi adiada para que os deputados pudessem votar a MP 777, que cria uma nova taxa de juros para empréstimos do BNDES

Brasília - O presidente do Congresso, Eunício Oliveira (PMDB-CE), remarcou para às 16 horas desta quinta-feira, 24, a sessão do Congresso que vai analisar os vetos presidenciais à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A sessão estava marcada para a parte da manhã, mas foi adiada para que os deputados pudessem votar a Medida Provisória (MP) 777, que cria uma nova taxa de juros para empréstimos do BNDES, a TLP.

Na pauta do Congresso estão 16 vetos presidenciais e 11 projetos de lei. Entre os vetos a serem analisados, estão itens aprovados na LDO de 2018, como a destinação de recursos para o cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE).

Além dos vetos, os parlamentares vão analisar o projeto que destina R$ 38 milhões a diversos órgãos do Executivo e o que destina R$ 37 milhões para a Justiça Eleitoral, para a Defensoria Pública da União e outros órgãos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.