Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

COI diz que não cogita mudar sede dos Jogos do Rio

"Mudar a sede dos Jogos é algo que não tem qualquer fundamento e é totalmente impraticável", disse o porta-voz do COI, Mark Adams

Londres - O Comitê Olímpico Internacional (COI) veio a público nesta sexta-feira para negar os rumores de que estaria cogitando a possibilidade de trocar o Rio de Janeiro por Londres nos Jogos de 2016.

A capital inglesa foi a sede da última Olimpíada, em 2012.

"Mudar a sede dos Jogos é algo que não tem qualquer fundamento e é totalmente impraticável", disse o porta-voz do COI, Mark Adams.

O representante se referia à notícia publicada pelo jornal britânico London Evening Standard nesta sexta-feira.

De acordo com o periódico, Londres "teria sido secretamente questionada se teria condições de receber os Jogos de 2016 porque o Brasil está muito atrasado nas obras de preparação", publicou o jornal.

Uma fonte citada pelo periódico, sem o nome divulgado, teria dito que "a resposta mais óbvia [aos atrasos do Brasil] seria fazer os Jogos voltarem para Londres. Seria muito improvável, mas seria a coisa mais lógica a fazer".

A organização da Olimpíada do Rio vem recebendo diversas críticas do COI e de diversas federações esportivas nas últimas semanas por conta dos atrasos nas obras que receberão os eventos dos Jogos de 2016.

Vice-presidente do COI, John Coates chegou a dizer em abril que a preparação do Rio era a pior que ele já viu.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também