Chuvas em Pernambuco deixam 128 mortos, sendo 25 crianças

Seis bebês tinham entre 0 e 1 ano de idade. Ao todo, o estado contabiliza 9.302 pessoas desabrigadas
 (Sergio MARANHAO/AFP)
(Sergio MARANHAO/AFP)
A
Agência O Globo

Publicado em 03/06/2022 às 13:13.

Última atualização em 03/06/2022 às 13:22.

O Corpo de Bombeiros de Pernambuco localizou, nesta sexta-feira, o corpo da última vítima que estava sendo procurada, no município de Camaragibe, no Grande Recife. As chuvas no estado resultaram em 128 óbitos, sendo que 25 foram de crianças entre 0 e 12 anos.

Entre as crianças, seis tinham entre 0 e 1 ano de idade. Outras 13 tinham entre 3 e 8 anos. Foram registradas ainda seis vítimas de 9 a 12 anos.

A maioria dos óbitos — 51 — foi de pessoas entre 30 e 59 anos. Entre os idosos, as autoridades contabilizaram 18 vítimas, com idades entre 60 e 88 anos. As outras 35 pessoas encontradas em escombros tinham entre 13 e 29 anos

Até a última atualização de quinta-feira à tarde, o número de desabrigados estava em 9.302 pessoas, que estão alojadas em 111 instituições de 27 municípios. No total, 31 cidades decretaram estado de emergência e 51 tiveram algum tipo de prejuízo em consequência das chuvas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de Perigo Potencial para as áreas na região metropolitana de Recife, Mata Pernambucana, Leste Sergipano, Leste Alagoano e Nordeste Baiano. Até a manhã deste sábado, são esperadas chuvas entre 30 a 60 mm/h. Ainda há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios em cidades com tais áreas de risco.

Chuvas em Pernambuco: como ajudar e doar para as famílias atingidas

Previsão do tempo: chuva forte ameaça Nordeste e frio começa a ceder no Sul