Chega a 10 o número de mortes em tragédia em creche em MG

Na quinta passada, o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na escola, onde trabalhava, e ateou fogo em crianças e nele mesmo
Creche na cidade de Janaúba: quarenta pessoas ficaram feridas. (Polícia Militar de Minas Gerais/Divulgação)
Creche na cidade de Janaúba: quarenta pessoas ficaram feridas. (Polícia Militar de Minas Gerais/Divulgação)
Por Agência BrasilPublicado em 07/10/2017 13:58 | Última atualização em 07/10/2017 14:00Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Morreu hoje (7), em Belo Horizonte, a menina Talita Vitória Bispo, de 4 anos, a oitava criança vítima da tragédia que ocorreu na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, na cidade mineira de Janaúba.

Talita estava com queimaduras nas vias áreas e chegou a ser transferida na manhã de hoje da Santa Casa de Montes Claros para o Hospital João XXIII, na capital mineira, referência em queimaduras no estado. Além de Talita, Matheus Felipe Rocha Santos, de 5 anos, foi transferido de Montes Claros para Belo Horizonte em estado grave.

Na manhã da última quinta-feira (5), o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na escola, onde trabalhava, e ateou fogo em crianças e nele mesmo. O vigia também morreu, assim como a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que tentou impedi-lo fisicamente e ajudou no resgate de crianças. Quarenta pessoas ficaram feridas.