Chávez agradece felicitações de Dilma e Lula

Desde o domingo, presidentes da região como Cristina Kirchner, da Argentina, e Rafael Correa, do Equador, têm enviado mensagens para felicitar Chávez
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
Por Da RedaçãoPublicado em 23/09/2013 14:35 | Última atualização em 23/09/2013 14:35Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Caracas - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, agradeceu nesta segunda-feira as felicitações de vários líderes mundiais por sua reeleição no domingo, especialmente à presidente Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Obrigado a todos os amigos e amigas do mundo por suas palavras e seus sentimentos de amor para com a Venezuela!!! Obrigado!!!" - escreveu Chávez no Twitter.

"Agora mesmo vou falar com nosso irmão Lula!!" - revelou Chávez sobre o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

"Há pouco, conversei com a companheira Dilma, com os companheiros presidentes Putin, Luckashenko, Evo e Rafael Correa", disse Chávez sobre os líderes de Brasil, Rússia, Belarus, Bolívia e Equador.

Desde o domingo, presidentes da região como Cristina Kirchner, da Argentina, e Rafael Correa, do Equador, têm enviado mensagens para felicitar Chávez, reeleito para um quatro mandato consecutivo por 55,14% dos votos, contra 44,24% para o ex-governador Henrique Capriles.

Nesta segunda-feira, governos de todo o mundo - incluindo os de França, Grã-Bretanha e China - cumprimentaram Chávez por sua reeleição para mais seis anos de mandato.

A Casa Branca felicitou o povo venezuelano pela eleição pacífica, embora tenha admitido que os Estados Unidos têm divergências com o presidente reeleito.

Antes, o departamento americano de Estado havia considerado que as vozes das seis milhões de pessoas que votaram na oposição devem ser ouvidas.

Este será o quarto mandato de Chávez, que governa a Venezuela desde 1999.