Candidato com chances de vencer no 2° turno em Porto Alegre renuncia

O ex-prefeito estava em segundo lugar nas pesquisas e tinha mais chances de rivalizar com Manuela D'Ávila (PCdoB). O candidato ainda vai aparecer na urna

O candidato à prefeitura de Porto Alegre, José Fortunati (PTB), anunciou nesta quarta-feira, 11, que não vai mais concorrer. A decisão foi anunciada no perfil oficial dele em uma transmissão ao vivo. Com a renúncia, os votos que ele receber vão ser considerados nulos.

“É uma decisão muito clara, me dói muito, do fundo do meu coração, mas não vamos continuar nesta caminhada. Recebi vários telefonemas de apoio e preciso ser responsável com Porto Alegre e com o estado democrático de direito para que isso não vire uma batalha jurídica”, disse Fortunati. 

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), o nome do candidato vai continuar aparecendo na urna, porque os dados já foram colocados nos sistemas. 

O que motivou a renúncia do ex-prefeito foi uma decisão do TRE-RS, proferida na segunda-feira, 9, que indeferiu a candidatura de André Cecchini (Patriota), vice na chapa ao lado de Fortunati. 

De acordo com o tribunal, Cecchini não estava filiado ao partido na data limite para se candidatar pela coligação. A decisão ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

“Impugnaram a candidatura a vice, acho estranho, uma decisão que fere a lei. Uma decisão política, tomada na última semana da campanha. Uma semana decisiva, já que no próximo domingo tem a eleição”, afirmou Fortunati. 

Na última pesquisa Ibope, divulgada há duas semanas, ele aparecia tecnicamente empatado em segundo lugar, com 13% das intenções de voto. Ao lado dele estavam Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 14%, e Sebastião Melo (MDB), também com 14%. Em primeiro lugar aparecia Manuela D’Ávila (PCdoB), com 27%.

Em um eventual segundo turno, ele era o que tinha mais chances de rivalizar com Manuela. A candidata do PCdoB estava com 41%, e Fortunati com 40%.

Fortunati, de 65 anos, já foi vereador em Porto Alegre, deputado estadual no Rio Grande do Sul, deputado federal, vice-prefeito e prefeito da capital gaúcha entre 2010 e 2016.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.