Brasil

Manuela abre 13 pontos de vantagem e mantém liderança em Porto Alegre

Nas projeções de segundo turno, Manuela também vence os principais candidatos

Manuela: candidata do PCdoB abriu 13 pontos de vantagem (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Manuela: candidata do PCdoB abriu 13 pontos de vantagem (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de outubro de 2020 às 06h46.

A candidata Manuela D’Ávila (PCdoB) abriu 13 pontos de vantagem para o segundo colocado e segue liderando a corrida eleitoral para prefeitura de Porto Alegre, com 27% das intenções de voto, conforme segunda pesquisa Ibope, divulgada na noite desta quinta-feira, 29. Nas projeções de segundo turno, Manuela também vence os principais candidatos.

    Em seguida, aparecem empatados o prefeito Nelson Marchezan Junior (PSDB), que concorre à reeleição e é alvo de um processo de impeachment, e Sebastião Melo (MDB) com 14%, seguidos de José Fortunati (PTB), com 13%. A pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Por isso, os três candidatos estão tecnicamente empatados.

    Na sequência aparecem, Juliana Brizola (PDT) com 4% das intenções de voto, João Derly (Republicanos) e Fernanda Melchionna (PSOL) com 3% e Valter Nagelstein (PSD) com 2%. Os candidatos Gustavo Paim (PP), Julio Flores (PSTU) e Rodrigo Maroni (PROS) receberam 1%. Luiz Delvair (PCO), Montserrat Martins (PV) não pontuaram.

    Na primeira pesquisa Ibope, divulgada em 5 de outubro, Manuela liderava a corrida eleitoral com 24% das intenções de voto contra 9% de Marchezan. Agora, nesta pesquisa, 8% dos entrevistados manifestaram anular ou votar em branco. O percentual de indecisos ou que não responderam ficou em 8%.

    A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS, afiliado da Rede Globo. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral: RS-06638/2020. Ao todo, foram entrevistadas 805 pessoas entre 27 a 29 de outubro. O nível de confiança estimado é de 95%.

    Acompanhe tudo sobre:Eleições 2020ImpeachmentManuela d'ÁvilaPorto Alegre

    Mais de Brasil

    TJ derruba liminar e destrava programa habitacional de Ricardo Nunes em SP

    Congresso derruba vetos de Lula e volta a proibir 'saidinha' de presos

    Governo consegue acordo com Congresso e veto em calendário de emendas é mantido

    Tarcísio diz que Haddad tem ‘ajudado muito’ em discussão sobre renegociação da dívida dos estados

    Mais na Exame