Bolsonaro interrompe férias em SC para se internar em hospital de SP

Presidente deixou São Francisco do Sul (SC) por volta da meia-noite desta segunda-feira
Bolsonaro: O presidente estava em São Francisco do Sul, no estado catarinense, desde o dia 27 de dezembro (Marcos Corrêa/PR/Flickr)
Bolsonaro: O presidente estava em São Francisco do Sul, no estado catarinense, desde o dia 27 de dezembro (Marcos Corrêa/PR/Flickr)
D
Da redação, com agências

Publicado em 03/01/2022 às 06:20.

Última atualização em 03/01/2022 às 10:14.

O presidente Jair Bolsonaro, que passava férias em Santa Catarina, desembarcou em São Paulo na madrugada desta segunda-feira, e seguiu direto para o Hospital Nova Star, na Vila Nova Conceição, na Zona Sul da capital paulista.

A internação foi confirmada pelo médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, que acompanha Bolsonaro desde a facada em setembro de 2018. Macedo disse à CNN Brasil que há suspeita de uma nova obstrução intestinal e o presidente será submetido a exames para diagnóstico.

Segundo nota divulgada pela Secretaria Especial de Comunicação Social (SECOM), Bolsonaro deu entrada no hospital para a realização de exames após sentir um desconforto abdominal. A nota informa que o presidente passa bem. O Hospital Nova Star divulgou boletim médico informando que Bolsonaro está estável, em tratamento e sem previsão de alta.

Em sua conta do Twitter, Bolsonaro afirmou que os resultados dos exames irão definir se ele precisará de uma nova nova cirurgia para tratar o quadro de suboclusão intestinal.

"Comecei a passar mal após o almoço de domingo. Cheguei ao hospital às 03h00 de hoje. Me colocaram sonda nasogástrica. Mais exames serão feitos para possível cirurgia de obstrução interna na região abdominal", escreveu Bolsonaro na rede social. Em uma foto divulgada junto com a publicação no Twitter, o presidente aparece na cama do hospital paulistano, com a sonda nasogástrica.

De acordo com o boletim divulgado pelo Vila Nova Star, Bolsonaro será reavaliado ao longo da manhã pela equipe do médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo. Macedo está no exterior e, segundo Bolsonaro, chegará ao Brasil às 15h (de Brasília).

Bolsonaro estava em São Francisco do Sul, no estado catarinense, desde o dia 27 de dezembro. Junto com a primeira-dama Michelle e uma comitiva presidencial, ele embarcou num helicóptero da Força Aérea Brasileira por volta da meia-noite desta segunda-feira, seguiu para Joinville e de lá para São Paulo.

Em julho do ano passado, Bolsonaro foi internado no Nova Star devido a uma obstrução intestinal. Uma cirurgia foi cogitada na época, mas acabou sendo descartada.

O presidente sofreu um atentado a faca durante a campanha presidencial, em 6 de setembro de 2018, e teve traumatismo abdominal. Desde então, o presidente passou por cinco cirurgias na região do abdômen. A última foi realizada no dia 25 de setembro de 2020, quando retirou um cálculo na bexiga. No mesmo período, precisou tratar uma hérnia situada no lado direito da parede abdominal.

Férias em Santa Catarina 

Bolsonaro vem sendo criticado por não ter interrompido as férias para acompanhar de perto a situação das chuvas na Bahia, onde mais de 471 mil pessoas foram afetadas e 136 cidades declararam estado de emergência.

A passagem do presidente por Santa Catarina também foi marcada por passeios de motocicleta, jet-ski e diversas cenas de aglomerações. Bolsonaro chegou a ter contato, inclusive, com o deputado federal Coronel Armando (PSL), que testou positivo para Covid-19.