ANTT adia pela segunda vez leilão do trem-bala

Propostas para o leilão serão aceitas até o dia 11 de junho; empresas pediram a mudança de data

Brasília - A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) anunciou hoje (7) que o leilão do trem de alta velocidade (TAV), também conhecido como trem-bala, que ligará as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro, foi adiado para o dia 29 de julho. As propostas devem ser apresentadas até o dia 11 de julho. Segundo o diretor-geral da agência reguladora, Bernardo Figueiredo, o adiamento atende ao pedido das empresas interessadas de prorrogação do prazo para que possam fechar os acordos comerciais e financeiros.

O leilão do trem-bala já tinha sido adiado anteriormente. A licitação, marcada inicialmente para o dia 16 de dezembro, foi transferida para 29 de abril, depois que representantes de indústrias pediram mais prazo para a licitação. A entrega das propostas pelos participantes estava marcada para a próxima segunda-feira (11).

O trem de alta velocidade, incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), tem um custo estimado de R$ 33 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.