Alemanha quer participar de obras para Copa e Rio-2016

Segundo o presidente alemão, Brasil "é um país no qual vale a pena investir"; trem-bala e aeroportos estariam na pauta

Brasília - O presidente da Alemanha, Christian Wulff, disse nesta quinta-feira que tem interesse que seu país participe das obras necessárias para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos do Rio 2016.

"Queremos estar presentes" na construção dos estádios e das outras obras de infraestrutura que o Brasil precisa desenvolver para esses dois grandes eventos esportivos, afirmou Wulff.

Segundo o presidente da Alemanha, o Brasil "é um país no qual vale a pena investir".

Wulff destacou que, atualmente, mais de 1,2 mil empresas alemanhas operam no Brasil e contribuem para fortalecer as sólidas relações comerciais bilaterais.

A presidente Dilma falou da possibilidade da Alemanha participar da licitação para um trem de alta velocidade que o Governo pretende construir entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

"Apresentei ao presidente Wulff as novas oportunidades que o Brasil oferece para o investimento em portos e aeroportos, no Mundial, nos Jogos Olímpicos, e também na construção do trem de alta velocidade", declarou Dilma.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também