Eleições 2022: acaba nesta segunda o prazo para registro de candidaturas

Até agora, foram registrados 12 candidatos à Presidência da República
 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A
Alessandra AzevedoPublicado em 15/08/2022 às 06:00.

Esta segunda-feira, 15, é o último dia para os partidos registrarem na Justiça Eleitoral as candidaturas para as eleições de outubro. As campanhas eleitorais começam na terça-feira, 16, com a divulgação dos nomes que poderão concorrer e a liberação de comícios, atos públicos e propagandas na internet e nas ruas.

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

Os partidos, coligações e federações podem fazer os registros até as 8h pela internet ou até as 19h, caso prefiram entregar a documentação diretamente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no caso de candidatos à Presidência da República, ou nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), para os outros cargos.

No pedido de registro, o candidato deve informar, entre outros dados, o nome que aparecerá na urna eletrônica, a relação de bens, uma fotografia recente, certidões criminais e prova de alfabetização. As informação serão disponibilizadas no sistema do TSE.

O primeiro turno das eleições está marcado para 2 de outubro. Os eleitores votarão para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital. Para os cargos de presidente e governador, o segundo turno, caso seja necessário, será em 30 de outubro.

Até agora, foram registrados 12 candidatos à Presidência da República: Ciro Gomes (PDT), Eymael (DC), Felipe D’Ávila (Novo), Jair Bolsonaro (PL), Léo Péricles (UP), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Pablo Marçal (Pros), Roberto Jefferson (PTB), Simone Tebet (MDB), Sofia Manzano (PCB), Soraya Thronicke (União) e Vera Lúcia (PSTU).

Os tribunais eleitorais também registraram, até agora, 183 candidatos a governadores, 191 a senadores, 9,1 mil a deputados federais, 14,4 mil a deputados estaduais e 519 a deputados distritais. A Justiça Eleitoral tem até 12 de setembro para examinar e julgar os pedidos de candidatura.

LEIA TAMBÉM: