40% do Maranhão contraiu coronavírus, estima Secretaria da Saúde

Pelo menos 2.877.454 de pessoas que vivem no estado possuem os anticorpos contra o vírus SARS-CoV-2

Um inquérito sorológico divulgado hoje pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão estima que ao menos 40% da população tenha sido contaminada pela covid-19 desde o início da pandemia.

Pelo menos 2.877.454 de pessoas que vivem no estado possuem os anticorpos contra o vírus SARS-CoV-2. O número é 19 vezes maior que o registrado atualmente no estado, que chegou a 144.895 infectados na segunda-feira, 24.

O inquérito, assinado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em parceria com o Laboratório Central do Maranhão (LACEN),  também estima que 5.026 pessoas tenham morrido por alguma complicação em decorrência do coronavírus, o que representa uma sub-notificação de 1.661 casos no estado.

O Maranhão pode ter possivelmente a maior prevalência de casos do mundo por estado, afirmou ao G1 o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula. Ainda segundo ele, após o resultado do inquérito, tudo indica que o estado se aproxima de uma imunidade coletiva ou de rebanho de infectados pela covid-19. "Três milhões de maranhenses tiveram a doença, no modelo de estimativa. Isso em termos de estudos, é a maior prevalência do mundo, provavelmente, em termos de estado. Isso vai ter uma série de consequências.", disse.

Entre os dias 27 de julho a 7 de agosto foram realizadas 3.289 entrevistas com coleta de 3.159 amostras de sangue em 69 municípios maranhenses. A pesquisa também contou com uma entrevista com perguntas socioeconômicas e de saúde, realizadas por meio de um aplicativo desenvolvido por universitários da UFMA.

A maior parte dos infectados pelo coronavírus no estado vive em municípios que possuem entre 20 a 100 mil habitantes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.