2 mil marinheiros vão patrulhar costa do RJ e ES na Copa

O esquema será o mesmo da Copa das Confederações, da Jornada Mundial da Juventude e da Operação Amazônia Azul

Rio - A Marinha promete empregar 23 embarcações e 2 mil militares no patrulhamento da costa do Rio de Janeiro e do Espírito Santo durante a Copa do Mundo.

Na manhã desta sexta-feira, 16, o Comando do 1º Distrito Naval realizou uma simulação de abordagem e inspeção de embarcações, na Baía de Guanabara.

O esquema será o mesmo da Copa das Confederações, da Jornada Mundial da Juventude e da Operação Amazônia Azul.

Durante a Copa, os militares realizarão ações de presença na costa, acompanhamento do tráfego marítimo, patrulha naval, inspeção naval nas áreas marítimas e portuárias, além da segurança das estruturas estratégicas realizada pelos Fuzileiros Navais.

As embarcações irregulares poderão ser escoltadas até a Capitânia dos Portos local, onde poderão ser autuadas.

Os treinamentos foram realizados pelo 1º Distrito Naval com apoio do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, que combate atos ilícitos na costa brasileira, como tráfico de drogas, tráfico de pessoas e contrabando, dentre outros.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.