TIM diz que vai investir em qualidade de rede neste ano

Número de clientes da empresa cresceu 4% em 2013, chegando a 73 milhões, quatro a menos do que a Vivo, com seus 77 milhões

São Paulo – A TIM divulgou nesta sexta-feira que fechou 2013 com 73,4 milhões de clientes, número 4,4% maior que o ano anterior. Com a marca, a empresa mantém o segundo lugar na participação de mercado, atrás apenas da Vivo, que chegou a 77 milhões.

Este aumento levou a um lucro de 1,5 bilhão de reais, valor 4% maior que o registrado em 2012.

O crescimento do número de clientes acompanhou os investimentos da companhia de telefonia celular, que chegaram a 3,9 bilhões de reais no ano, aumento de 3% em relação ao a 2012.

Mais de 90% desses aportes foi direcionado para infraestrutura para melhoria de cobertura nas cidades críticas e a implementação de mais células e hotspots de dados, para aumentar a qualidade do tráfico de dados.

Em 2013, a TIM atingiu 23,6 milhões de usuários de 3G, o que representa o segundo lugar no mercado, com 25% dos clientes. A Claro lidera o segmento, com 39%. Na rede 4G, porém, a TIM passou a concorrente e assumiu o segundo lugar, com 31% do mercado, atrás apenas da Vivo, com 41%.

“Em 2014, manteremos os investimentos em qualidade no mesmo patamar para atrair cada vez mais usuários de dados e internet e estimular a migração do pré-pago para o pós”, afirmou Rodrigo Abreu, presidente executivo da TIM.

“Os investimentos em qualidade feitos em 2013 foram uma preparação para o crescimento que pretendemos obter este ano, principalmente com lançamento de ofertas de dados e soluções diferenciadas que num momento anterior não seriam possíveis”, afirmou.

Resultados

Além da alta nos lucros, a TIM registrou aumento de 7% na receita bruta de 2013, chegando a 29,7 bilhões de reais. A receita líquida total subiu 6%, chegando a 19,9 bilhões de reais.

A receita bruta com dados e internet cresceu 21,5% em 2013, chegando a 5,3 bilhões de reais, também por conta do aumento do número de smartphones, que chegou a 55% da base total de clientes.

Na conferência com a imprensa, o presidente executivo negou a possibilidade de a TIM ser vendida pela Telecom Itália.

“A TIM hoje representa um ativo estratégico para a Telecom Itália. Não existe interesse estratégico em fazer qualquer tipo de negócio. Esse tipo de boato não vai atrapalhar os nossos planos de crescimento” 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também