Tim Cook estaria profundamente ofendido com denúncias da BBC

O programa Panorama mostrou na quinta-feira reportagem na qual repórteres disfarçados entram nas fábricas da Pegatron, nos subúrbios de Xangai

São Paulo – Um executivo da Apple na Inglaterra afirmou que o presidente da Apple Tim Cook está “profundamente ofendido” pelas alegações da BBC de que a empresa americana maltrata empregados de suas fábricas chinesas onde iPhones e iPads são fabricados.

As informações são do site Business Insider.

O programa Panorama mostrou na quinta-feira (18) reportagem na qual repórteres disfarçados entram nas fábricas da Pegatron, nos subúrbios de Xangai, onde os jornalistas afirmam ter encontrado trabalhadores em péssimas condições de trabalho, além de cumprir horas a mais do que o permitido pela lei.

Em um e-mail enviado para quase 5 mil funcionários da Apple no Reino Unido, o vice-presidente de operações da Apple Jeff Wiliiams afirmou que ele e o presidente da empresa estavam “profundamente ofendidos pela insinuação de que a Apple poderia quebrar uma promessa aos trabalhadores de nossa cadeia de produção e enganar nossos consumidores de alguma forma.”

“A reportagem do Panorama sugeriu que a Apple não está melhorando as condições de trabalho (…) Nada poderia estar mais longe da verdade”, afirma Williams na mensagem.

O executivo diz que a Apple compartilhou com a BBC “fatos e perspectivas” sobre o compromisso da empresa em relação aos direitos humanos, mas que o canal de televisão não colocou a posição deles no programa.

A reportagem da BBC afirmou que trabalhadores chegam a cochilar durante os turnos de 12 horas de produção do iPhone 6 e chegam a trabalhar 18 dias seguidos, sem autorização para folgar.

“Sabemos que nenhuma outra empresa está fazendo tanto quanto a Apple para garantir condições de trabalho justas e seguras, para descobrir e investigar problemas e solucioná-los quando eles aparecem, além de garantir transparência nas operações de nossos fornecedores”, diz Willianms na mensagem.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.