Spotify lança Greenroom, app de salas de conversa ao estilo Clubhouse

Lançamento de app da empresa acontece em meio à busca das redes e plataformas por salas de áudio. Twitter e Facebook têm projeto semelhante.
Greenroom: Spotify agora também tem seu próprio app para salas de conversa por áudio (Spotify/Divulgação)
Greenroom: Spotify agora também tem seu próprio app para salas de conversa por áudio (Spotify/Divulgação)
Por Thiago LavadoPublicado em 16/06/2021 15:27 | Última atualização em 16/06/2021 15:27Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O Spotify está oficialmente competindo com as redes sociais pelas salas de áudio. A empresa sueca anunciou nesta quarta-feira, 16, o lançamento do Greenroom, um app à parte, com funções de salas de conversas e debates que chega para usuários em smartphones iOS (sistema operacional dos iPhone) e Android em 135 países.

De acordo com o Spotify, qualquer usuário poderá participar ou hospedar salas de conversa e para se cadastrar no app basta utilizar a conta de login do próprio Spotify.

O app também conta com controle de audiência e das salas, além de opção para gravação de conversas ao vivo: uma maneira de permitir que criadores de conteúdo possam usar esses papos como subsídio para conteúdos em podcasts, por exemplo.

O Greenroom é um produto que deriva de uma aquisição recente do Spotify. Em março, a empresa confirmou a aquisição a Betty Labs, empresa criadora do aplicativo Locker Room, que era focado em conversas com fãs sobre bastidores de esportes e um dos concorrentes do Clubhouse.

Além do Spotify, outras gigantes tentam navegar este mercado. Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, e Jack Dorsey, do Twitter, estão em fases de testes com plataformas que replicam o modelo. Assim como os stories partiram do Instagram para todas as outras redes imagináveis, as salas do ClubHouse tiveram sua fórmula reproduzida (embora não exatamente) pelos gigantes.

A novidade também é alinhada com a nova postura do Spotify, de se conectar com criadores de conteúdo se colocar como uma plataforma completa de áudio. Em fevereiro deste ano, a empresa anunciou planos nessa linha. Recentemente, a Apple também entrou nesse mercado, oferecendo uma plataforma para assinaturas de podcast entre seus serviços.