Site da Nintendo vaza dados de 4 mil usuários

Uma campanha publicitária da Nintendo na Espanha expôs, na internet, os dados pessoais de mais de 4 mil usuários.

São Paulo — A campanha foi criada em formato de hotsite e era destinada ao lançamento do videogame portátil Nintendo 3DS. Um usuário espanhol, Adan Gecko, afirmou que obteve acesso aos dados sem nenhum esforço ou intenção de obtê-los. De acordo com o jornal El País, Gecko conseguiu acesso às informações pessoais dos usuários apenas acessando a página promocional e clicando no botão enviar, sem ter digitado nenhum código especial.</p>

O problema se agravou quando Gecko enviou um comunicado à Nintendo informando o acontecido e dizendo que gostaria de negociar com a empresa, para que esses dados não fossem publicados na internet. A Nintendo não cedeu às ameaças e denunciou Gecko à polícia espanhola. Ele foi chamado para depor. Ambas as partes, porém, afirmam que nenhum dos dados expostos vazou publicamente e que a página já foi corrigida para evitar novos erros.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.